Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 65 9981710241

Governo Bolsonaro retoma Crédito Fundiário e beneficiará Lucas do Rio Verde

ANUNCIE AQUI!

A Cidade de Lucas do Rio Verde mais uma vez será contemplada por ações do Governo Federal, e dessa vez, num projeto piloto com 50 famílias que serão atendidas pelo Programa Nacional do Crédito Fundiário, antigo Banco da Terra. Parado desde 2012, o processo marca a retomada Crédito Fundiário em Mato Grosso.

De acordo com o líder da bancada no Congresso Nacional, deputado federal Neri Geller (PP/MT), a iniciativa é uma modalidade diferenciada de acesso ao crédito para a compra do imóvel rural, garantindo acesso facilitado ao financiamento, em condições acessíveis ao produtor. “Isso mostra o compromisso do presidente Bolsonaro com Mato Grosso. As negociações estão em andamento entre Mapa, Incra, Seaf, Banco do Brasil, e por fim, perto de ser tornarem realidade”, comemorou o parlamentar.

Após ser aprovado pelo MAPA, a SEAF/MT encaminhou toda a documentação para a Superintendência do Banco do Brasil e agora já seguem os trâmites do financiamento. O valor total da negociação é de R$ 6 milhões numa área de 347.0323 hectares, ou seja, R$ 17 mil/ha.

Neri Geller garante ainda que o município de Lucas do Rio Verde está se tornado um importante mercado consumidor e fornecedor. “Os agricultores estão conscientes sobre o papel que têm na cadeia produtiva, e com a instalação das famílias e o grande apoio que temos recebido da SEAF vamos dar robustez à produção de itens que serão comercializados em importantes frentes como a cesta básica, a merenda escolar e o PAA [Programa de Aquisição de Alimentos]”, comemorou.

O secretário de Agricultura do Estado, Silvano Amaral, afirma que serão investidos recursos para a formação de infraestrutura básica de atendimento comunitário. “A Empaer tem a função de auxiliar no processo de identificação e orientação das famílias, além de atuar na vistoria técnica da área e na elaboração do laudo agronômico demonstrando a capacidade produtiva do espaço. A SEAF não tem medido esforços para retomar com eficiência a execução do PNCF em Mato Grosso, e queremos fazer de Lucas do Rio Verde um projeto-modelo para as demais implantações no Estado”, declarou.

Os próximos passos serão a assinatura das minutas individuais do contrato por cada família, registro no cartório e pagamento da área.

Fonte: Portal da Cidade com Assessoria

Deixe seu comentário:

Menu

Ultimas Do Insta

Nosso Facebook

Nossas Redes sociais